Publicado em Deixe um comentário

A História do Vidro

Green Minimal Listing Presentation.png

A Origem do Vidro

Olá, Daqui Glass Heart

Entrámos em mais um fim de semana e o sol de inverno espreita com pouca frequência entre as nuvens. São agora 14hoo em Portugal Continental e é no quentinho de um cobertor de lã sobre nossa secretaria de vidro que temos o prazer de inaugurar o blog com um artigo muito interessante, com mais de 4000 anos de história.

Quem de nós nunca teve curiosidade em saber qual a origem do vidro?

Pois é caríssimo leitor, pouco se conhece sobre as primeiras tentativas do fabrico do vidro, ou até mesmo qual a sua origem ao certo, no entanto confia-se que a arte de fabricar o vidro é muito antiga e foi descoberta há mais de 4000 anos na Mesopotâmia. Os historiadores atribuem uma das versões aos navegadores fenícios, que o teriam descoberto acidentalmente ao acenderem fogueiras em praias onde havia as duas matérias-primas básicas, (a areia e o calcário de conchas) e observaram que após sofrerem a ação do calor, o solo abaixo da fogueira resultava  num líquido transparente: o vidro.

Outras versões sustentam que os mercadores fenícios ao voltarem à pátria, no Egito, pararam às margens do Rio Belus, e pousaram sacos que traziam às costas, que estavam cheios de natrão (carbonato de sódio natural, que eles usavam para tingir lã). Acenderam o fogo com lenha, e empregaram os pedaços mais grossos de natrão para neles apoiar os vasos onde deviam cozer animais caçados. Comeram e deitaram-se, adormeceram e deixaram o fogo aceso. Quando acordaram, no lugar das pedras de natrão encontraram blocos brilhantes e transparentes, que pareciam enormes pedras preciosas. O vidro estava descoberto.

Obviamente que é muito improvável a veracidade destas histórias, pois para a produção do vidro, a mistura vitrificável só alcança o seu estado liquido a temperaturas > 1300ºC, logo, o calor produzido numa fogueira não concentra temperaturas tão elevadas.

No entanto, o vidro talvez seja uma invenção mais antiga ainda, conforme sustentam algumas pesquisas arqueológicas que relatam que os egípcios começaram a soprar o vidro em 1.400 a.C., dedicando-se, acima de tudo, à produção de pequenos objetos artísticos e decorativos, que muitas vezes eram confundidos com belas pedras preciosas.

Aproximadamente um século d.C., a descoberta de uma cana de vidreiro, demonstra que esta técnica é muito antiga, permitindo a produção de materiais de vidro com as mais variadas formas.

Mais recentemente, nos séculos XVII e XVIII, deu-se a industrialização do fabrico do vidro, começando-se a produzir vidro plano, para construção civil e decoração de interiores. A partir de 1920, as técnicas de fabrico de vidro sofreram uma grande evolução sendo que atualmente adquiriu uma posição de destaque e prestígio devido às suas características únicas, elevando-se também envolta da produção massiva em embalagens alimentares.

Apesar dos métodos que envolvem a fabricação de vidro estejam envolta de processos muito antigos, os mesmos ainda são utilizados ​​hoje.

“O passado é uma cortina de vidro, felizes os que observam o passado para poder caminhar no futuro.” (Augusto Cury)

Obrigada pela sua visita, um abraço.

Até breve.

@beaglassheart

 

Fontes de pesquisa:
https://www.bavidro.com
https://pt.wikipedia.org/wiki/Vidro
https://www.friendsofglass.com

Leave a Reply